Ultimate New World RPG

Para todos aqueles que procuram um RPG repleto de batalhas, história, diversão e oportunidades para desenvolver seu personagem, este fórum é sua melhor opção.


    Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Compartilhe
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Sab Fev 25, 2017 5:45 am


    SHORAI

    A maior cidade e a mais desenvolvida também, a maior parte da população do pais vive aqui mesmo com a falta de espaço se tornando cada vez mais um problema. O movimento de pessoas é incessante todo tempo, chegando a ser apelidada de "A cidade que não dorme", pois até mesmo na calada da noite os neons e o movimento fazem parecer que ainda é dia. Por aqui você pode encontrar tudo referente a tecnologia, desde de laboratórios que podem te transformar completamente em um ciborgue (pelo preço caríssimo), até grandes prédios com acesso publico proibido onde somente se especula o que deve estar sendo criado ali. Para aqueles que procuram tecnologia, diversão e informação, não existe lugar melhor.
    avatar
    Kelux_Rrenocfe

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 15/02/2017
    Idade : 20

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Kelux_Rrenocfe em Ter Fev 28, 2017 1:11 am

        Depois de uma longa viagem, finalmente chegava no destino que desejava. Não sabia se seria bom ou ruim, toda aquela multidão que ocupavam cada espaço, as luzes coloridas que não cessavam e quilômetros e mais quilômetros de ruas fazia parecer que sua busca por ali não teria fim. O melhor jeito que encontrou de evitar toda aquela bagunça como também sair esbarrando em todo mundo foi sobrevoar apenas alguns metros acima da cabeça de todos. Sabia que poderia chamar a atenção de alguns, mas era o jeito mais prático de se locomover por aquela cidade naquele momento.



    - Se eu fosse o velho, por onde eu estaria? *Suspirava, já imaginando os poucos lugares que poderia começar a sua procura* É, as opções são fáceis, o difícil é encontrar um único alguém dentre esse mar de gente.



        Tinha inúmeros lugares para procurar naquele imenso local, mas sabia que se queria saber de algum paradeiro de seu mestre ou sobre a Fenda, nada melhor do que começar procurando por lugares óbvios. O Nephilim então se decidia a sobrevoar numa altitude baixa seguindo pelas ruas da cidade, evitando se esbarrar em qualquer objeto ou indivíduo, até encontrar a primeira taverna que avistasse por perto.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Ter Fev 28, 2017 5:35 am

    Em meio ao mar de gente que era Shorai, Kelux decidiu se locomover da melhor forma para si mesmo, voando por cima das pessoas em uma altitude que ainda pudessem enxergar os rostos para tentar ver seu mestre. O garoto ficou um pouco surpreso pelo fato de que menos pessoas do que esperava se espantavam com um ser voador entre eles, parece que aquele tipo de coisa "anormal" era mais normal do que parecia, a capital tecnológica parecia ser ainda mais avançada do que ele tinha ouvido falar. Kelux decidiu então traçar um trajeto para a taverna mais próxima que pudesse encontrar, pois ficar procurando sem rumo em meio a tantas pessoas não iria lhe render muito progresso, mesmo ainda perdido com tantas ruas e pessoas, ele seguiu na direção que parecia a correta.

    Antes que ele pudesse chegar a seu objetivo, o rapaz viu um estranho homem de jaleco branco, que parecia esbarrar em praticamente todo mundo em seu caminho e saia pedindo desculpa de forma estranha, quase como se não estivesse sendo sincero. Kelux estava a ponto de ignorar esta cena pensando ser só algum maluco da cidade, quando seu colar começou a emitir uma luz branca fraca, que ia cada vez mais perdendo intensidade de acordo o homem misterioso se distanciava. O que significava aquilo? Teria aquele sujeito alguma relação com ele? Poderia ele saber dos mistérios que envolvem Kelux ou, seria aquilo apenas uma coincidência? Observava o sujeito ficando cada vez mais longe, teria que decidir rapidamente se deveria segui-lo ou continuar indo até a taverna.
    avatar
    Kelux_Rrenocfe

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 15/02/2017
    Idade : 20

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Kelux_Rrenocfe em Qua Mar 01, 2017 1:49 am

        Sua busca parecia estar tomando um rumo, até que um homem de jaleco braco chamava a sua atenção. Quase decidia ignorá-lo, por mais que o sujeito agisse estranho, também existiam muitas pessoas ali que também não eram agiam nada normais, mas mudava completamente seu pensamento assim que seu colar começava a emitir uma luz branca.

    - O que a...

        Não sabia o que aquilo significava, mas só conseguia se lembrar da voz que um dia havia falado em sua mente que aquilo o levaria a descobrir o que precisava do seu passado. Decidia então, ainda sobrevoando a multidão, a seguir o sujeito numa certa distância, e caso percebesse que o mesmo fosse adentrar algum lugar, pousaria o mais próximo possivel evitando ser percebido onde pousasse, e então tentaria acompanhá-lo de perto a pé. Sabia que deveria estar preparado para qualquer reação do homem, ficando atento com cada movimento brusco do mesmo, e caso percebesse algo e fosse necessário, summonaria sua Mors Gladium em suas mãos para se defender de qualquer situação de perigo.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Qua Mar 01, 2017 7:46 am

    Kelux se lembrou que o colar seria a chave para descobrir sobre seu passado, então ficou fácil de saber que aquele homem misterioso tinha alguma importância, precisava segui-lo. Continuou sobrevoando as pessoas em uma distancia segura para que o outro não o percebesse, e foi acompanhando o estranho homem continuar esbarrando nas pessoas enquanto andava. Tudo parecia normal até que em um dos esbarroes, o homem derrubou um estranho objeto que estava em sua mão, um objeto peculiar com marcas estranhas que Kelux nunca tinha visto.

    Quando o equipamento atingia o chão o homem misterioso começava a sussurrar alguma coisa que o rapaz não podia ouvir, porém ele viu com clareza os próximos acontecimentos, que não pareciam reais. O objeto brilhou em um vermelho intenso e algo que parecia um portal surgiu logo acima dele, fazendo com que todas as pessoas em volta se afastassem e ficassem observando o estranho fenômeno. Alguns segundos depois 5 criaturas pularam para fora do portal escuro, pareciam ratos mas tinham um tamanho muito maior do que o normal e, sua pela rasgada e em decomposição mostrava que não eram roedores normais.




    Os estranhos animais começavam a atacar as pessoas que estavam em volta, e as mesmas ao perceberem o perigo começaram a correr para todos os lados em desespero, tinha virado um caos. O estranho homem observava toda a situação e parecia fazer anotações em um pequeno caderno que tinha tirado do bolso, até o momento que uma das criaturas se virou para ele e tentou ataca-lo, fazendo o mesmo correr em desespero também. O que Kelux faria? Salvaria o estranho homem e deixaria as pessoas lidarem com os outros animais? Ou tentaria ele salvar a todos mesmo correndo o risco de perder o cara estranho de vista?
    avatar
    Kelux_Rrenocfe

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 15/02/2017
    Idade : 20

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Kelux_Rrenocfe em Sex Mar 03, 2017 3:39 am

        Esperava por bastantes tipos de reações, mas a primeira coisa que vinha na mente do Nephilim era "uau!". Quase meia duzia de criaturas horrendas apareciam magicamente em sua frente em meio aquela enorme multidão. Um caos começou a se implantar pelo local assim que aqueles ratos zumbis tamanho família começavam a agir agressivamente.
       Rangia os dentes de raiva, queria muito seguir o misterioso homem de jaleco branco, porém deixava o mesmo ir embora, muitas vidas ali corriam perigo, não se sentia confortável ali parado sem fazer nada, mas no fundo torcia pra que o sujeito fosse pego pela criatura que o seguia, era o mínimo que aquele maldito merecia por implantar toda aquela bagunça.
        Assim que abria um buraco no meio da multidão devido aos ratos zumbis, Kelux aproveitava o espaço para pousar no meio das quatro criaturas remanescentes que provavelmente ainda estariam distraídas com tantos humanos ao redor. Summonava então sua Mors Gladium em suas mãos, se posicionando para combate, e então falava alto, num tom quase de grito.

    - Hey! Ratazanas em decomposição! Por que não tentam experimentar o sabor de alguém disposto a enfrentá-los?! Aposto que devo ter um sabor mais amargo e azedo que a mãe de vocês!

        Pouco se importava se aquelas criaturas iriam entender uma única palavra sua, apenas esperara chamar a atenção das quatro se possível com um enorme barulho no meio delas. Caso uma ou mais percebesse sua presença, esperaria a mais próxima dar o bote do primeiro ataque para que assim desse um forte impulso com suas asas para cima, voando para uma altura suficiente para fugir do alcance de qualquer uma delas, e então esperava aproveitar o ponto cego da criatura que o atacou primeiro para descer dando um giro no ar e usando todo seu peso para um efetuar um tremendo corte com sua espada no pescoço da criatura, visando cortar o sinal de todo sistema nervoso no mínimo.
        Assim efetuado o golpe, provavelmente estaria novamente no chão vulnerável para talvez três ou quatro das criaturas, caso seu primeiro plano não fosse um sucesso, mas já tinha algo planejado para pelo menos tentar afastá-las ou talvez acertar em cheio as remanescentes. Assim que estivesse em solo, usaria suas asas para dar um forte e rápido giro, e esticaria seus braços que empunhavam sua Mors Gladium em virtude de fazer um mini redemoinho, subindo e descendo com a lâmina dela enquanto gira assim visando afastar os ratos zumbis caso tivessem alguma noção de perigo ou tentar acertá-los em cheio caso já tivessem perdido qualquer instinto animal que poderia existir no que restava do cérebro deles.
        Pararia em posição de combate alguns poucos segundos depois de começar a girar, visando não ficar tonto com o movimento. Aproveitaria então para analisar a situação e ver o que poderia ser feito a partir dali. Sabia que estava em desvantagem numérica, mas esperava que seu longo alcance com a espada acompanhados de seu sexto sentido e todas suas habilidades e experiências em combates e voo o ajudassem a superar aqueles seres morto-vivos aparentemente irracionais.
        Não sabia se conseguiria salvar a todos, mas esperava ao menos minimizar o estrago que poderia ocorrer com tudo aquilo. Aquele sujeito misterioso teria que pagar pelo que fez, como também agora era mais possível que tivesse algum envolvimento com seu passado, mas teria que pensar nisso depois de resolver o problema que tinha bem na sua frente.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Sex Mar 03, 2017 7:10 pm

    Kelux se manteve calmo e bolou um plano para tentar afastar as criaturas das outras pessoas, ele ficava um pouco decepcionado de não poder seguir o homem misterioso mas, não podia deixar as pessoas morrendo dessa forma. Ele então parou no meio das criaturas remanescentes e gritou com elas, obviamente eles não entendiam uma unica palavra do que ele dizia, mas o barulho que fez foi eficaz em atrair a atenção delas para si mesmo. Os estranhos ratos se viraram e foram se aproximando bem devagar do rapaz, ele estava cercado por elas, mas isso não era problema para Kelux. O garoto estava preparado para ser atacado e esse era seu plano, quando ele viu que três ratos pularam nele o rapaz usou sua vantagem, ele voou e desviou dos ataques deles, mas seu movimento não acabaria ai.

    Usando sua proficiência para sua vantagem, o garoto rapidamente fez uma virada no ar e desceu desferindo um golpe em seu inimigo, o ataque acertou o pescoço de um dos ratos e o decapitou no mesmo momento. Um inimigo tinha sido eliminado, faltavam três, porém o rapaz não abaixaria a guarda, estava preparado para continuar lutando com os que restavam. Kelux então usava suas asas para fazer um giro rápido e sua espada para criar um tipo de "redemoinho", para se defender de qualquer ataque das criaturas. Os ratos hesitaram por um momento mas um deles não deu muita atenção para o que o garoto fazia, tentando ataca-lo com uma investida que, resultou em uma grande falha para a criatura. Elas eram realmente tao burras quanto Kelux havia imaginado, e graças a isso quando o rato foi repelido pelo "redemoinho" do garoto, o mesmo voou em direção a um poste que estava próximo e, o acertou de cabeça que, com o impacto foi esmagada e mais um rato morreu.

    O plano do rapaz funcionou muito bem, matando metade de seus oponentes, agora ele só precisava se atentar aos dois ratos que sobraram e se preparar para lidar com eles. Um dos ratos estava de frente para com Kelux, em torno de 2 metros a frente, e o outro estava no lado esquerdo do garoto, este estava bem mais próximo a apenas 1 metro de distancia. O rato da frente levantou a sua estranha cauda e abriu a ponta dela, que começou a brilhar de uma forma estranha até que o rato conjurou uma bola de fogo, que foi disparada contra o rosto do rapaz. A outra criatura por estar tão perto apenas pulou dando uma investida no garoto, tentando morde-lo com seus dentes afiados. Como Kelux reagiria a essa situação?
    avatar
    Kelux_Rrenocfe

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 15/02/2017
    Idade : 20

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Kelux_Rrenocfe em Sex Mar 10, 2017 1:32 am

        "Sucesso", era a primeira palavra que se passava na cabeça do Nephilim assim que percebia que seu plano se concretizava. Mas não era hora de relaxar, havia eliminado metade de seus alvos, porém ainda restavam os outros dois, e estava bem próximos. Não tinha nem tempo para descansar, a criatura em sua frente imediatamente lançava uma bola de fogo na direção de seu rosto, enquanto a outra em sua esquerda avançava ferozmente em sua direção.

        Assim como seus oponentes, Kelux também planejava agir rapidamente. Usaria suas asas para impulso, visando se movimentar o mais rápido possivel para sua direita, no intuito de escapar da bola de fogo e também criar uma corrente de ar contra o rato em sua esquerda tentanto atrasar os movimentos do mesmo, mesmo sendo apenas um segundo ou outro, assim talvez tendo mais tempo para efetuar um contra-ataque. Logo em seguida, independente de seus movimentos de esquiva dando certo ou não, usaria sua habilidade Silence no rato que soltou a bola de fogo, e então passaria a se concentrar um pouco mais no rato que avançou contra ele, afinal, era o mais próximo e que oferecia mais perigo no momento.

    - Eu sei que vocês querem um pedaço de mim, mas minha espada está começando a ficar com ciúmes, então vou deixá-la se juntar à festa para ter um pedaço de vocês.

        Apostava em suas habilidades que o rato em sua esquerda ainda não tivesse o abocanhado. Caso estivesse certo disso, assim que o rato chegasse  no alcance de sua Mors Gladium, o Nephilim empunharia sua espada com as duas mãos e a usaria para realizar um corte na direção da boca do mesmo que vinha tentar abocanhá-lo, visando cortar o maldito pela metade a partir da boca. Caso o rato o tivesse alcançado, aproveitaria a concentração do rato na abocanhada -já que o mesmo ficaria ali parado na mordida de algum local de seu corpo- para usar uma de suas mãos, ou ambas se estivessem disponíveis, e tentar infincar sua espada no crânio do maldito.

        Se seu plano de eliminar o rato mais próximo desse certo, logo em seguida arremessaria sua Mors Gladium na direção no outro rato, e então faria uma espécie de "Soul Link" com sua própria espada, sendo teletransportado empunhando a mesma assim que ela estivesse bem próxima de seu alvo, e então usaria suas duas mão paraa realizar um corte na direção do pescoço do rato zumbi, tentando eliminá-lo assim como fez com os outros.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Sex Mar 10, 2017 4:25 am

    Kelux ficava satisfeito quando seu plano funcionava e sorria com isso, porém o garoto estava bem atento então sabia que não tinha tempo de comemorar, seria atacado novamente. E quando foi ele fez novamente outro plano para sair daquela situação, o rapaz então usou suas asas para desviar da bola de fogo e, afastar o rato que vinha de sua esquerda. Novamente o espadachim era bem sucedido, o fato de que ele podia pensar calmamente enquanto aquelas criaturas agiam somente por instinto lhe dava uma grande vantagem. Era hora do contra ataque, Kelux começava por impedir que o rato mais longe pudesse conjurar qualquer outra magia, ele pode ver a criatura usando sua calda para tentar lançar mais bolas de fogo, e como ela ficava confusa ao não conseguir e continuava tentando sem sucesso. Logo depois ele decidiu a atacar o rato zumbi que estava mais próximo dele, que mais uma vez pulava para tentar lhe morder, fazendo com que seu ataque ocorresse sem problemas.

    A espada do rapaz acertava bem no meio da boca do rato e, cortava o mesmo por inteiro até a ponta de seu rabo, enquanto o corpo da criatura se separava em dois Kelux podia sentir o sangue do mesmo jorrando em seu rosto e corpo. Ao terminar com seu primeiro oponente ele seguia até o segundo, que praticamente não demonstrava reação pois ainda estava tentando usar outra bola de fogo, um ser burro realmente. O corte foi feito e a cabeça do ultimo rato rolou no chão, Kelux havia ganho aquela batalha (20 de experiencia pela vitoria). Porém de verdade aquilo não tinha acabado, bem no fundo da mente do garoto ele se preocupava se aquele rato que seguiu com o homem misterioso poderia estar atacando e machucando as pessoas, ele decidiu então tentar achar a criatura mas não precisou de muito tempo. Logo ao se virar Kelux viu o corpo do animal sendo jogado pelo ar cheio de buracos, e poucos segundos depois o que o matara apareceu em sua frente, surpreendendo o garoto completamente.



    Era a policia mecanizada de Shorai, como computadores funcionam melhores que humanos e cometem menos erros, o prefeito da cidade resolveu transformar o departamento inteiro de policia em uma infantaria robótica. O garoto tinha ouvido falar deles mas não imaginava que eram dessa forma, um tanto quanto ameaçadores e bem armados, enquanto Kelux observava o robô a sua frente 20 outros mais chegaram no local para eliminar a ameaça, só infelizmente chegaram depois de tudo resolvido. Um dos robôs então seguiu até o rapaz e o escaneou da cabeça aos pés, fez alguns barulhos estranhos e depois falou com uma voz mecânica:

    - IDENTIDADE

    Foi então que o rapaz ficou preocupado, ele não era um morador de Shorai então não tinha a identidade que o robô necessitava, era apenas um turista. Porém como explicaria isso para uma maquina? Iria ela compreender e realmente acreditar que ele estava ali só de passagem? Enquanto Kelux tentava pensar em uma solução um rosto familiar aparecia e passava um cartão no robô

    -Aqui esta oficial, a identificação dele ficou no meu laboratio infelizmente, mas já que estamos bem tudo esta certo né?

    O robô mais uma vez fazia um barulho estranho e logo depois respondia "CONFIRMADO" em sua forma robótica e saia de perto deles. O homem misterioso então se virava para Kelux com um sorriso enorme em seu rosto, no olhar dele parecia que o estranho o estava escaneando da mesma forma que o robô, avaliando cada pequeno detalhe.

    -É um prazer, eu sou o doutor Strauss, qual seu nome? Você estaria interessado em participar de um experimento revolucionário?! Tenho certeza que tem a capacidade para isso!



    O doutor aparentemente maluco ficava totalmente empolgado ao convidar Kelux para participar de seu experimento, porém o rapaz não tinha certeza se aquilo era algo bom já que, aquela situação toda parecia fazer parte de um experimento dele. O que o rapaz faria? Declinaria a oferta e falaria para o doutor o quanto ele era irresponsável? Ou seguiria a pista de seu colar e aproveitaria aquela situação para se aproximar do misterioso?
    avatar
    Kelux_Rrenocfe

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 15/02/2017
    Idade : 20

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Kelux_Rrenocfe em Ter Mar 14, 2017 2:14 am

        Em pouco tempo conseguia eliminar todos os seus alvos, ficando aliviado por evitar grandes desastres e por poder defender as pessoas que acabaram se envolvendo involuntariamente naquele perigo, mas não teve nem tempo para poder respirar fundo, pois imediatamente lembrava que ainda existia um rato zumbi solto pela cidade.

    - Merda, merda, merda, merda, merda...!

        Imediatamente levantava voo e saia em disparada na direção em que a criatura e o homem misterioso haviam seguido. Felizmente avistava o rato zumbi sendo jogado ao ar sem qualquer reação, porém sua satisfação ficava em cheque assim que percebia qual foi o sujeito que havia realizado tal façanha. Assim que pousava próximo do incidente, se deparava com um ser humanoide totalmente mecanizado e sem vida, percebia então que se tratava da polícia de Shorai. Já tinha ouvido vários boatos sobre eles, mas presenciá-lo pessoalmente dava uma outra impressão, ainda mais depois que era cercado por mais de uma dúzia deles.
        Quase se via no meio de outro combate quando era requerida sua identidade que não possuía, mas era surpreendido com a reaparição do homem misterioso, como também com o modo que ele o salvava de um grande problema. Assim que eram persuadidos pelo homem, os policiais robôs aparentemente se dispersavam logo em seguida, deixando os dois as sós naquela rua que até então estava bem movimentada, porém vazias no depois de todo o alvoroço. Mal tinha tempo de relaxar do problema que havia sumido, e já era surpreendido com a apresentação e proposta do doutor. Não demorou muito para que o Nephilim estourasse toda a sua raiva que segurava de tudo aquilo.

    - Meu nome?! Foda-se o meu nome! Você tem noção da grande porcaria que você quase fez?! Ainda bem que eu estava por perto pra limpar toda essa merda! Eu nem teria pensado em ir atrás pra tentar te salvar se não fosse pela luz que...

        Assim que se lembrava do real motivo de ter se envolvido naquela situação, respirava fundo e tentava se acalmar, dando uma pequena tosse logo em seguida, como se fosse um sinal de queria corrigir algo que havia falado, tentando omitir a ultima coisa que dizia.

    - Esqueça tudo que eu disse agora pouco. Me chamo Kelux, e o que raios é esse experimento que está falando? Se eu participarei ou não vai depender do que se trata, mas acho que independentemente disso terei que ficar por perto pra evitar que você faça mais merdas sem pensar direito.

        O Nephilim não tinha nenhum real interesse de início naquele tal experimento, mas achava melhor seguir o fluxo daquela conversa para tentar descobrir o que fez o seu colar brilhar misteriosamente e também evitar que aquele doutor maluco repetisse qualquer besteira parecida ou pior. Outro fato que se repassava na cabeça de Kelux era que esse tal doutor Strauss havia persuadido a própria policia sem nenhuma dificuldade sequer, por mais problemático que aquele homem demostrou ser, ainda assim ele poderia vir a ser tão útil quanto aparentemente doido. Aguardava então pela resposta do doutor para ver qual rumo tomaria daquele momento em diante.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Ter Mar 14, 2017 3:03 am

    O doutor maluco olhou com um ar de duvida quando o garoto inicialmente teve seu ataque de fúria, ele parecia não entender o que tinha feito para deixar Kelux com aquela raiva, porém quando o rapaz mudava sua tonalidade e o respondia normalmente, ele abria um enorme sorriso de satisfação. Strauss então fazia um movimento com a mão indicando que o espadachim deveria segui-lo, e ambos foram na direção da qual o doutor estava seguindo anteriormente, em pouco tempo ficando no meio da multidão uma vez mais:

    Doutor Strauss - Primeiro de tudo, o que aconteceu não foi proposital, foi um descuido meu infelizmente. Porém ninguém se machucou não é mesmo? Graças a você, e é por isso que preciso de você para meu experimento! Estamos estudando demônios, mais especificamente formas de abrir portais para o mundo deles e, conseguir extrair a energia desse local, consegue imaginar isso?! A energia do suposto "inferno" sendo convertida em energia humana?! Consegue imaginar o quanto poderíamos avançar ainda mais nossas tecnologias?! Esse estudo é totalmente preciso! Mas ao mesmo tempo ele é perigoso, eu só tenho cientistas e por isso já tivemos casualidades, preciso de alguém como você para nos proteger. Se for necessário dinheiro eu posso lhe pagar, é impossível que você recuse essa oferta!

    Enquanto o maluco ia falando todas as informações a Kelux, os dois continuavam andando para uma parte mais afastada da cidade, até finalmente chegarem ao lugar que parecia o objetivo de Strauss. Um prédio gigantesco, quase o maior de todos na cidade inteira, com uma aparência ainda mais futurista que chegava até a parecer ameaçadora, que fazia o rapaz se espantar e se perguntar o que mais de horrível deveriam fazer ali dentro.



    Doutor Strauss - Aqui estamos! Você aceita não é?!

    O doutor estendia a mão para Kelux esperando que ele apertasse a mesma, significando que tinha aceito a proposta e que estaria junto com o maluco nesse experimento tão louco quanto. Qual seria a decisão do rapaz? Valeria a pena se arriscar investigando demônios com Strauss, só pra conseguir algumas pistas? Ou deveria recusar e tentar achar outra forma de descobrir sobre seu passado?
    avatar
    Kelux_Rrenocfe

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 15/02/2017
    Idade : 20

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Kelux_Rrenocfe em Qua Mar 29, 2017 2:48 am

        Kelux ouvia toda a proposta daquele doutor insano enquanto caminhavam até chegarem em uma gigantesca e estranha construção. Tudo aquilo parecia uma loucura, embora possuísse uma ideia bem relevante por baixo. Sabia que grandes problemas lhe aguardavam, mas se optasse por não ajudar, imaginava que Strauss faria tudo aquilo de um jeito ou de outro, então além de ser uma oportunidade de conseguir alguma pista sobre seu passado, também achava que seria melhor estar por perto para evitar que pessoas saíssem feridas pelas maluquices daquele homem.



    - Algo me diz que muitas coisas disso não acabarão bem, então acredito que seja bom estar por perto. *Apertava a mão de Strauss, aceitando a proposta* E dinheiro será bem-vindo nessa situação, apenas sempre me mostre o caminho, me diga para onde vamos e o que iremos fazer, e farei de tudo para manter sua vida e de sua equipe em segurança. 



        Com o contrato aparentemente selado, restava apenas aguardar Strauss traçar os caminhos de suas missões. Não conseguia se enxergar como "segurança" de alguém, mas por estar acostumados com tudo que realizava nas guildas acreditava que o ambiente não seria tão diferente assim.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por O Mestre em Qui Mar 30, 2017 10:13 am

    Kelux aceitava a proposta do cientista maluco e o mesmo ficava empolgadíssimo com isso, chegando a quase pular de alegria e balbuciar de forma quase incoerente o quanto o rapaz não se arrependeria de ter aceito sua proposta. Logo depois disso o espadachim acompanhou o Doutor Strauss para dentro do prédio, que era um lugar totalmente incrível, cheio de tecnologias tão avançadas que o garoto não fazia ideia do que nada daqueles equipamentos faziam. A dupla seguiu até um elevador que foi ativo com um cartão de identificação do doutor, logo depois ele clicou no botão 500 e o elevador começou a subir rapidamente.

    Doutor Strauss - Essa pesquisa ira revolucionar o mundo! Você vai ver! Bem nosso primeiro passo é tentar novamente abrir outro portal, vamos tentar mante-lo aberto dessa vez e ver se conseguimos estabilizar a conexão entre os dois mundos. Além disso já iremos tentar retirar a energia vinda de lá para podermos estuda-la e, se for possível pegar alguns espécimes para mais testes e estudos. Então sua missão é simples, nos proteger enquanto o portal está aberto e as criaturas estão saindo de lá, e se possível manter um, ou mais desses demônios vivos. Mas só se possível claro, se precisar matar todos tudo bem, tem alguma pergunta?

    O maluco olhava de forma empolgada para Kelux enquanto fazia um sinal para o mesmo lhe acompanhar, tinham finalmente chegado no andar correto e estavam saindo do elevador. O local nem mesmo parecia ser em um prédio, era enorme e com varias salas com paredes de metal e vidro, e dentro de cada comodo vários computadores e cientistas pareciam estar trabalhando em vários projetos ao mesmo tempo.





    Doutor Strauss foi levando Kelux para a sala mais ao fundo daquele andar, enquanto eles seguiam para lá o rapaz ficava mais apreensivo com a situação. Sera que iria mesmo aprender algo sobre seu passado por ali? Além disso, seria prudente acompanhar um doutro maluco em seu experimento praticamente suicida? Não existia nenhuma garantia que qualquer um deles sairia vivo dessa, então deveria mesmo prosseguir com isso? Caso o espadachim decidisse continuar, iria querer fazer alguma pergunta ao Doutor Strauss antes de começarem o experimento?

    Conteúdo patrocinado

    Re: Shorai - A Capital de Tekunoroji

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Ago 19, 2017 5:30 pm