Ultimate New World RPG

Para todos aqueles que procuram um RPG repleto de batalhas, história, diversão e oportunidades para desenvolver seu personagem, este fórum é sua melhor opção.


    Geld - A capital de Hendel

    Compartilhe
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por O Mestre em Sex Mar 03, 2017 6:34 pm


    GELD

    A maior e mais movimentada cidade do país, comerciantes vem e vão todos os dias para manterem seu estoque cheio e conseguirem itens raros. No centro da cidade fica o Centro Comercial, um enorme prédio onde se pode achar literalmente qualquer coisa para comprar e vender, dizem que a economia de Hendel cresce todo dia justamente por causa das vendas absurdas que são feitas ali. Em volta do prédio existem varias lojas de todo tipo, tentando competir vendo itens exóticos em preços "acessíveis" (que ainda são caros), porém a raridade dos itens encontrados vale a pena para alguns. O resto da cidade são casas do tamanho de mansões, onde a rica população de Geld vive e fica cada vez mais rica, enquanto em uma parte bem isolada da cidade tem o subúrbio, onde os pobres são enxotados para lá e ficam cada vez mais pobres.
    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Sex Mar 03, 2017 11:49 pm

    Mais um crepúsculo se iniciava e como nos últimos cinco anos Yui ia até o cemitério com dois vasos de flores, um para Freya e outro para seu marido. Após aquela fatídica noite a jovem ainda permaneceu com o corpo de Freya em casa por uma semana, não saia e nem mantinha nenhuma luz acesa com medo de que alguém ainda estivesse vigiando a casa. Nem comer Yui não comia. Ao concluir que estava segura finalmente enterrou sua mestre ao lado de seu tão amado esposo e três vezes por ano ia ao cemitério. No aniversário de Freya, no aniversário de sua morte e no aniversário de Yui e sempre ao crepúsculo.

    Bem, hoje era aniversário de Yui. A jovem que um dia fora pequenina hoje completava vinte anos. Não que deixara de ser pequena, mas já era uma mulher. Como de costume Yui colocava um vaso em cada túmulo se ajoelhava logo em seguida sentando-se no chão e começava a conversar com aquela que foi como uma mãe e amiga. Sentia muito sua falta e de seus ensinamentos, ainda tinham tanto o que viver. Um semblante triste envolvia o rosto de Yui, estava sozinha e tinha medo do que poderia acontecer.

    O tempo passava enquanto a menina desabafava com Freya, quase não percebia que a noite chegara era hora de voltar pra casa. Yui se mantinha de cabeça baixa enquanto recolhia uma flor de cada vaso pra levar consigo como recordação do momento.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Sab Mar 04, 2017 1:12 am

    Já era quase noite. Erick vagava pelas grandes ruas de Geld, um tanto quanto perdido. Observava admirado como a capital tinha se expandido nos 80 anos que manteve-se ausente.
    Contudo certos lugares nunca mudam de lugar. O principal cemitério de Geld ficava alguns metros do portão principal da capital. Erick se lembrava de quando era criança e ia visitar seus avós, duas vezes todo ano. Era costume de sua família levar flores ao entes queridos que já se foram.

    Erick tinha um pouco de dinheiro, que havia ganhado dos viajantes. Passou em uma floricultura e comprado um vaso de orquídeas que sua mãe tanto gostava.
    Após uma breve caminhada, chegava na entrada do cemitério. Perguntava à algum funcionário aonde Freya e Arthorius Scutum estavam enterrados.
    Recebeu um papel do funcionário indicando à rua e o número do túmulo de seus pais.

    Mais alguns metros de caminhada separavam Erick de seus pais. Assim que estava próximo ao local indicado, o cavaleiro via uma moça, sentada de frente pro túmulo de seus pais, como se estivesse conversando com eles. Erick esboçou um largou sorriso e uma lágrima de alegria. Ao que parece sua mãe e seu pai arrumaram uma boa companhia durante sua ausência.

    Tratou de secar à lágrima, e assim Erick foi caminhando calmamente, para que não assustasse a moça com a sua presença repentina. Quando estivesse próximo, calmamente Erick chamava a moça:

    - Er...Com licença Senhorita...  Posso? - dizia Erick gentilmente indicando o vaso de orquídea e em seguida para o túmulo.
    - Eles.. São meus pais... - desta vez seu tom era um quanto que abatido, com um semblante triste estampado no rosto.

    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Sab Mar 04, 2017 9:27 am

    Geralmente Yui chegava e ia embora do cemitério sem encontrar ninguém, afinal numa cidade que funciona 24 horas por dia são raros os que perdem seu precioso tempo visitando os mortos, contudo dessa vez era diferente, quando já estava levantando pra se retirar uma voz gentil se dirigia a ela. A garota olhava o jovem que trazia um vaso de orquídeas nas mãos para por no túmulo de Freya. Seu rosto era tão familiar que a menina fica espantada inicialmente.

    - Vo..você!!!

    A voz trêmula da garota passava a impressão de que havia visto um fantasma, mas ela sabia que não era. O espanto sumia de seu rosto que era tomado por um sorriso enquanto uma lagrima escorria de seus olhos. Num ato inesperado até mesmo por ela abraçou o rapaz bem forte.

    - Sua mãe esperou tanto por você.

    Ao terminar a frase se dava conta do que fez e se afastava abruptamente de Erick, desviando o olhar e trazendo os braços ao peito completamente envergonhada. Lembrava que ela o conhecia pelas fotos e histórias que Freya contava, entretanto ele não a conhecia. Isso agora era bem constrangedor.

    - Desculpa!

    Era apenas o que Yui conseguia falar depois do que acontecera a pouco.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Sab Mar 04, 2017 2:38 pm

    Ao chamar à garota com um tom gentil na tentativa de não assusta-la foi um tanto quanto que frustante. A mesma exibia uma expressão assustada como se tivesse visto um fantasma. E de repente ela esboçou um sorriso e uma lágrima de alegria. O cavaleiro ficou extremamente confuso.
    Antes mesmo que seu cérebro pudesse processar o momento, ele recebia um abraço bem apertado e reconfortante da garota. A ação foi tão inesperado que por pouco ele deixou o vaso de orquídeas cair.


    "Ela conhece minha mãe? Mas.." - pensava o cavaleiro assim que à garota falava de sua mãe.

    Após alguns segundos abraçados a mesma se afastava de Erick um pouco envergonhado. O jovem também não escondia que tinha ficado um pouco sem graça, apesar de ter gostado do abraço de uma linda garota, que agora se desculpava envergonhada.

    - Tudo bem... - respondia rapidamente quase no mesmo instante do pedido de desculpas da garota, parecendo um pouco atrapalhado pelo momento

    Erick retirava de seu bolso um belo lenço bordado à mão, e oferecia à garota gentilmente para que limpasse às lágrimas. Talvez Yui reconhecesse pelo estilo, já que havia muito desses tipos de bordado na casa em que morava.

    - Por favor...
    - Acho que você me conhece, pelo meus pais... Mas eu não conheço você, Senhorita..
    - Muito Prazer..Erick Lucis Scutum

    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Sab Mar 04, 2017 7:20 pm

    A garota tinha conseguido deixar os dois sem graça e com certeza os dois estavam confusos. Yui segurava o lenço que lhe era oferecido e observava o bordado que ele continha. Se ainda restavam duvidas de que o rapaz era Erick agora elas não mais existiam, afinal por toda a casa de Freya podia-se notar o mesmo bordado. Ainda envergonhada por toda aquela situação Yui se apresentava ao rapaz assim como o mesmo fizera.

    - Yui, Yui Montaigne.

    Com o rosto entristecido ela esticava a mão devolvendo o lenço a Erick sem nem mesmo usar.

    - Na verdade eu só conhecia sua mãe. Quando vim morar com ela seu pai já estava morto.

    Yui segurava o choro, não queria desabar na frente do rapaz ainda mais sendo portadora de notícias tão ruins.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Sab Mar 04, 2017 11:45 pm

    Erick recebia de volta o lenço, após saber o nome da garota. A mesma esboçava um semblante triste ao comentar que seu pai, Arthorios, já estava morto quando ela tinha conhecido sua mãe. O cavaleiro se virou, ficando de frente para o túmulo de seus pais. Se ajoelhou, colocando o vaso de orquídeas entre os dois túmulos, ajeitando gentilmente.
    Em seguida olhou as datas de falecimento que estavam gravados nos túmulos. Repetiu essas datas bem baixinho de forma que apenas ele ouvisse, como se estivesse memorizando as datas.


    - Pai...Mãe...Sinto muito ter demorado tanto - o rapaz dizia em um tom baixo, de os olhos fechados, enquanto colocava as mãos em cima do túmulo de seus pais...
    - Sinto muito...
    - fez se uma pausa, respirou fundo e uma lágrima escorreu de seus olhos. De alguma forma o cavaleiro se sentia à vontade para este momento mesmo não conhecendo Yui tão bem assim.
    - Sinto muito por não ter cuidado de vocês...
    - Espero que tenham vivido bem. Nunca esquecerei vocês.
    - respirou novamente bem fundo para que se acalmasse.

    - Yui...Fico imensamente grato a você...Por ter feito companhia à minha mãe no momento que meu pai morreu e eu desapareci. Deve ter sido um fardo pra você.. Não sei nem como te agradecer... - dizia Erick, enquanto ia se levantando, passando as mãos no olhos limpando as lágrimas.

    Desta vez foi hora de Erick ficar sem graça. Estava falando coisas que poderia deixar à garota desconfortável. Tão logo tratou de se corrigir.

    - Perdão por falar essas coisas... Está um pouco tarde. Posso acompanha-la? - perguntava em um tom gentil à Yui.

    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Dom Mar 05, 2017 12:34 am

    Yui dava espaço à Erick, se ela sofrera tanto por não conseguir fazer nada quando Freya morreu imagina ele que nem estava presente. Ela acompanhava a despedida do rapaz, queria tocar seu ombro para conforta-lo mas não tinha coragem. Mesmo vendo as lágrimas rolarem pelo rosto de Erick apenas ficava em silêncio. No fundo Yui sentia que a culpa da morte de Freya era dela. Se ela ao menos fosse mais forte poderia ter feito algo.

    Yui virava a cabeça e fechava os olhos com raiva de si mesma enquanto que suas mãos cerradas chegavam a tremer. Ela então ouvia a voz de Erick lhe agradecendo e acreditando ter sido um fardo para a jovem cuidar de sua mãe. Se ele soubesse que Yui é quem foi o fardo. A garota só tinha a agradecer a família Scutum

    - Nã...

    Yui ia dizer que não tinha sido nenhum fardo mas quando sua voz começava a sair Erick cortava o assunto pedindo cordialmente para acompanha-la. Estava estampado na cara do rapaz que ele estava sem graça então Yui sorriu e acenou positivamente para o jovem.

    - Obrigada!

    Era tudo que Yui dizia e se punha a caminhar ao lado do rapaz de volta pra casa. Contudo algo a intrigava.

    - Me desculpe a pergunta, mas você não deveria estar com uns cem anos agora?

    Continuava caminhando olhando pro chão envergonhada, não queria parecer intrometida. Com certeza esse era um assunto do qual o jovem não iria querer falar.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Dom Mar 05, 2017 10:20 am

    Os dois foram caminhando embora do cemitério, de volta para à casa. Queria saber o quanto diferente ela estava. Ou não.
    Enquanto caminhavam, timidamente à garota perguntava sobre seu sumiço. Ok, o cavaleiro não sabia como explicar. Nem ao menos como começar.

    - Bem... Não sei se a minha mãe explicou do meu sumiço... Mas anos atrás, teve uma batalha próximo da fenda. Os três reinos se uniram para frear as criaturas que saiam da fenda. Durante a batalha meu corpo foi puxado para fenda. Não lembro muito bem, mas fiquei em uma espécie de outra dimensão. Meu corpo não envelhecia, não tinha noção do tempo. Não sentia nada. Apenas sobrevivi naquele estranho lugar.

    - Bem...Você deve estar me achando louco né, com essa história toda da Fenda e outra dimensão? - dizia o rapaz completando dando uma leve risada um pouco sem graça.

    Erick seguia o caminho para sua casa junto de Yui, admirando as mudanças de sua cidade natal. Ao passarem na frente de uma lojinha, olhou o dia de hoje. No mesmo momento lembrou da data de falecimento de seus pais. E assim por certa curiosidade perguntava à garota:

    - A propósito. Hoje não é dia de falecimento dos meus pais...Você sempre visita eles, Yui?
    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Dom Mar 05, 2017 11:10 am

    Yui via que o jovem tinha dificuldades me lhe responder. Sua história seria pra muitos inacreditável e por isso Erick ficava sem graça. Contudo para Yui era perfeitamente aceitável visto que morou por cinco anos com uma mulher que tinha por volta de cento e vinte anos e parecia ter quarenta. Então a garota sorria e sacudia a cabeça em sinal negativo, não achava ele louco.

    Ao pararem em frente a loja percebia que o rapaz parecia querer se situar sobre a data. Devia ser tudo muito confuso, todas as mudanças. Com certeza ainda estava perdido no tempo.

    - Eu sempre visito eles em três datas à cinco anos. O aniversário da sua mãe, o aniversário da morte dela e meu aniversário.

    Ela dava um leve suspiro e um sorriso sem graça.

    - Hoje é meu aniversário. Seus pais faleceram mês que vem. Por incrível que pareça foi no mesmo mês, apenas em anos diferentes.

    Yui voltava a ficar séria e triste.



    -Como deve ter reparado seu pai morreu poucos anos depois de você sumir e sua mãe morreu a cinco anos.

    Será que era informação demais? Erick tentava passar tranquilidade e segurança, mas como dissera antes, parecia tão confuso. O que Yui poderia fazer? Se sentia tão impotente. E se fizesse algo errado. Já havia abraçado o rapaz num ato espontâneo transformando tudo numa situação tão constrangedora que apenas conseguia levar a mão a boca em sinal de conflito.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Dom Mar 05, 2017 6:50 pm

    Erick ouvia o que Yui dizia. No seu ritmo foi entendendo as informações que eram passadas. Por coincidência do destino seus pais morreram no mesmo mês mas em anos diferentes. Erick ouvia as notícias, desta vez mais forte após ter visitado o túmulo de seus pais. Apenas respondia com um sinal positivo com a cabeça entendendo o que ela dizia.

    Além disso à garota havia dito que o dia de hoje era o aniversário da garota. De acordo com os seus cálculos, ao que parece Yui viveu cinco anos sozinha. E se manteve companheira à sua mãe mesmo depois à sua morte.
    Comovido, o cavaleiro tinha que fazer algo que pudesse conseguir um sorriso sincero da garota. Não que fosse uma dívida para com ela, mas algo que ele queria fazer para alguém tão gentil como Yui.
    Assim olhou ao redor à procura de uma loja.

    - Me dê um minuto Yui, por favor. - dizia o rapaz sumindo na multidão.

    Virou a primeira esquina a procura de alguma padaria. Alguns minutos de corrida achava uma padaria chamada "Pão de mel".
    Entrou na loja, e olhou os bolos que haviam. Não sabia os gostos da garota. Então optou por chocolate. Algo que todo mundo gosta. Ou pelo menos isso que o cavaleiro pensava.
    Decidiu comprar um pequeno bolo de chocolate bem decorado com morangos em cima, escrito "Feliz Aniversário" com chantili. Pediu para que embalasse e colocasse em uma sacola que não tivesse o logo o da padaria.
    Alguns minutos depois retornava para aonde havia deixado Yui:

    - Desculpa à demora. Fui comprar umas coisas que estava com saudade de comer...
    - Podemos ir para casa?

    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Seg Mar 06, 2017 9:38 am

    Depois de tanta informação o rapaz parecia mais situado. Yui queria poder fazer algo a mais do que dar notícias ruins. De repente Erick sumia na multidão pedindo que Yui aguardasse, ela ficava sem entender mas permanecia parada onde estava. Alguns minutos depois Erick volta com uma sacola, tanto tempo longe o fizera sentir saudades da comida da cidade. A garota sorria discretamente e voltava a caminhar junto do rapaz.

    - Chegamos!

    Yui abria a porta da frente da casa. Com certeza Erick reconhecia a casa com pintura descascando, pois foi a que morou por muitos anos. Sem ninguém para poder contar Yui continuou a morar na casa de Freya. Ao entrar tudo estava limpo e organizado da maneira que Freya sempre fizera, nem parecia que a mulher não estava mais lá.

    - Vou preparar algo para você beber com o que comprou.

    Yui seguia rumo a cozinha para preparar um suco afinal a caminhada fora um pouco longa.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Seg Mar 06, 2017 6:57 pm

    Erick e Yui chegaram em sua casa. Uma sensação de nostalgia batia no rapaz. Tudo estava tão limpo e organizado, da mesma forma que mãe fazia. Erick ficou feliz que Yui havia cuidado tão bem de sua casa.
    O cavaleiro ia entrando em cada cômodo. Estava com saudades de sua casa. Mas não era hora para isso. Teria mais tempo para matar saudade de sua casa. Yui ia pra cozinha pra preparar algo.

    - Tudo bem. Estarei na sala de jantar - respondia o cavaleiro.

    Erick se apressou e foi para sala de jantar  e retirou da caixa o bolo que havia comprado para garota. Como não sabia sua idade, tratou de comprar um vela comum. Apenas para que Yui pudesse realizar um pedido.
    Acendeu à vela e desligou a luz da sala de jantar.
    Assim que à garota entrasse na sala de jantar, Erick cantaria parabéns. O rapaz cantava em um tom animado, esboçando um largo sorriso à ela.
    Ao terminar a canção, gentilmente o cavaleiro dizia à Yui:

    - Assopre a vela. E não esqueça de fazer um pedido, Yui...

    Após ela assoprar à vela os dois ficavam no escuro. A única luz que iluminava a sala de jantar era a luz do luar que entrava pela janela.
    Erick ia caminhando até que ficasse próximo da garota. Olhava diretamente em seus olhos.

    - Parabéns Yui... - dizia em um tom baixo e gentil, sorrindo para ela.

    Pelo momento, o cavaleiro abraçaria Yui. Um abraço que envolveria à garota.
    Um abraço caloroso e reconfortante. E assim ficariam algum tempo, sendo apenas iluminados pela luz do luar...
    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Ter Mar 07, 2017 11:06 am

    Com a bebida pronta e em uma linda jarra que parecia ser de cristal Yui se dirigia a sala de jantar onde o jovem havia dito que a esperaria. Chegando lá tudo estava escuro mas ela podia ver a vela sobre o bolo iluminar a mesa e ouvia os parabéns cantado por Erick. Realmente a menina não esperava por isso, não imaginara que ele tivesse levado tão a sério hoje ser o aniversário da jovem. Ela sorria logo em seguida levando uma das mãos que segurava a jarra à boca, uma lagrima escorria nos olhos mas era de felicidade, pois a muito seu aniversário não era comemorado, contudo quase deixava a jarra cair.

    Yui se recuperava e caminhava até a mesa colocando a jarra e se preparando para assoprar a vela e fazer um pedido. Claro que ela não acreditava nisso, mas porque não tentar? No fundo queria que Freya pudesse estar lá para ver o filho mas sabia que era impossível, então ficou com um desejo mais simples porém tão difícil de acontecer como o outro. A jovem apenas queria que as coisas pudessem ser felizes como estavam sendo naquele momento, na verdade queira que aquele momento nunca acabasse.

    - Pronto!

    Ela dizia e assoprava a vela deixando tudo iluminado apenas pela luz do luar. De certo modo parecia até uma criança em sua ingenua felicidade por um simples bolo. Quando Erick se aproximou e a olhou bem nos olhos seu coração começou a disparar, ela não sabia bem porque. A voz de Erick acalentava seu ser ficando sem reação inicialmente ao ser abraçada, mas logo retribuía o braço se mantendo aconchegada nos braços de Erick. Era tudo tão novo mas ela podia ficar assim por muito tempo.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por O Mestre em Ter Mar 07, 2017 10:07 pm

    Yui e Erick estavam dividindo um momento maravilhoso de uma simples felicidade, após os sofrimentos dos quais os dois haviam passado aquela mudança era muito bem vinda, tanto que a garota queria que aquele momento durasse para sempre. Mas tudo que é bom dura pouco não é mesmo? Enquanto os dois se sentavam na mesa para poderem beber e comer, eles ouviram um barulho no outro comodo que os surpreendeu e os fez ficarem preocupados. Logo o barulho se transformou em lentas palmas, que ficavam cada vez mais próximas, até que uma pessoa apareceu no comodo onde estavam, um ser totalmente encapuzado.



    -Parabéns. Quem é o aniversariante?

    A voz que vinha do ser encapuzado era grave e rouca, uma voz intensa que entrava no ouvido de Yui e Erick e lhes dava arrepios. Além disso aquela visão em si era assustadora, não dava para ver o rosto do homem que estava usando o capuz, suas roupas longas escondiam todo seu corpo e, ele usava luvas, a identidade dele estava completamente escondida. E então veio uma sensação muito estranha, mesmo os dois não conseguindo ver os olhos do estranho, eles sentiam como se estivessem sendo observados de forma intensa, com um olhar penetrante e frio, cada vez mais os dois podiam ter a certeza que aquele ser não era bom.

    -Vejo que o bolo é para a senhorita, quantos anos querida?

    O estranho encapuzado cruzou os braços e se aproximou mais alguns passos, parando um pouco próximo da mesa onde estavam e ficou aguardando a resposta, como se ele fosse somente um convidado da casa. O que Yui e Erick fariam? Tentariam entrar na conversa do estranho para conseguir respostas? Ou iriam expulsa-lo antes que ele pudesse fazer alguma coisa?
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Ter Mar 07, 2017 11:10 pm

    À garota havia retribuído o abraço do cavaleiro. Estavam em um momento muito bom. Yui se sentia confortável em seus braços, e o cavaleiro feliz por te-la ali, no primeiro dia de sua volta. Contudo nada é bom pra sempre.
    Só que desta vez durou apenas alguns minutos.
    Um ser estranho havia adentrado na casa. Este trajava um manto com capuz que cobria seu rosto. Luvas na mesma coloração. O homem tinha um voz estranha, de causar medo. De começo soltavas palavras de ironia, perguntando de quem era o aniversário.
    Sem pensar Erick, se levantou e ficou na frente de Yui.

    - Quem é você? Como entra na casa de alguém sem ser convidado - dizia o rapaz em tom agressivo.
    - Saia já daqui, ou terei que tira-lo à força daqui.



    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Qua Mar 08, 2017 9:33 am

    Como tudo que trazia felicidade a Yui lhe era tirado muito rápido esse momento também foi. Ela ouvia as palmas e via o ser encapuzado em sua casa. Sua voz e sua aparência amedrontava e mesmo sem ver seu olhos sentia como se o ser enxergasse sua alma com um frio congelante. Seu corpo estremeceu quando o ser sombrio se dirigiu a ela mas apesar de tudo se sentia impulsionada a responder.

    Nesse momento Erick tomava a frente no intuito de proteger Yui fazendo com que parte do temor da jovem sumisse. O jovem ameaçava retirar a entidade da casa a força se fosse necessário, mas Yui não achava que seria a melhor ideia. Ela então segurava a mão de Erick e se colocava ao seu lado o olhando como se pedisse calma. Tanto tempo longe e ele não perdera impeto de um soldado.

    - Vinte. Mas quem é você? E O que você quer?

    Yui dava mais ênfase a pergunta de Erick. A jovem não estava com um bom pressentimento e por isso não acha legal comprar uma briga agora.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por O Mestre em Qua Mar 08, 2017 9:48 am

    -Parece que a garota tem mais educação do que você meu caro. Melhor aprender a controlar seu impeto. Ou... coisas horríveis podem acontecer...

    A ultima frase que o misterioso encapuzado dizia saia de sua boca com tanta frieza e enfase que, os dois estremeciam mais uma vez sentindo que aquilo era uma ameaça, da qual ele poderia cumprir a qualquer momento. O estranho ser então ignorou as perguntas deles e se dirigiu a mesa, pegou uma cadeira próxima e se sentou, logo depois fez um gesto pedindo para que Yui e Erick fizessem o mesmo:

    -Quem eu sou? Sou um antigo amigo de Freya, mas me entristeço de dizer que ela nunca deve ter me mencionado para nenhum de vocês. Agora se o que querem saber é meu nome, me desculpem mas tenho o direito de me manter no anonimato não é mesmo? Agora quanto ao que eu quero... isso é bem simples, mas primeiro me respondam uma coisa, qual a relação de vocês com a senhorita Freya?

    Por algum estranho motivo, toda vez que o estranho encapuzado mencionava o nome de Freya, uma sensação de enjoo passava rapidamente por Erick e Yui. Além disto todas as vezes que ele usava palavras como "senhorita, querida" ou qualquer coisa de sentido positivo, elas pareciam sair com um certo sarcasmo da não visível boca daquele ser. Como responderiam a dupla? Iriam se sentar e continuar a conversa de forma "civilizada" como o estranho queria? Ou iriam mudar a estrategia e ataca-lo logo para tira-lo da casa?
    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Qua Mar 08, 2017 12:26 pm

    Parecia que Yui tinha conseguido acalmar os ânimos na sala pelo menos por um instante visto a frieza com a qual o ser os ameaçava. Sempre que ele abria a boca o corpo de Yui estremecia. Via o ser puxar uma cadeira e se sentar, o encapuzado realmente parecia interessado em conversar. A garota que ainda segurava a mão de Erick voltava a sua cadeira e se sentava puxando o jovem pela mão para que fizesse o mesmo.

    Ouvi a criatura dizer que era amigo de Freya, mas Freya nunca havia falado nada dele. Ou ele estava mentindo ou Freya queria apaga-lo de sua vida. O tom que o ser usava era sempre sarcástico como se desse prazer usar aquelas palavras que pra ele mesmo não era verdade. O mais intrigante era o enjoo que a jovem sentia sempre que o ser falava de Freya.

    - E... Eu era sua aprendiz.

    Por causa do enjoo quase não conseguia falar direito. Ela segurava a mão de Erick ainda mais forte pois tinha medo do que o ser das trevas poderia querer deles. Então olhava para o jovem esperando a reação do mesmo a pergunta.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Qua Mar 08, 2017 8:22 pm

    Por pouco Erick não avançou para cima do encapuzado, se não fosse Yui. A garota havia acalmado os ânimos do cavaleiro com sucesso. Ele se conteve por enquanto. O encapuzado ia se sentando como se sentisse em casa.
    Yui fazia o mesmo puxando-o para que se sentasse. Sem exitar Erick foi acompanhando a ruiva, se acalmando pouco à pouco.

    Ouviu o encapuzado falar sobre sua mãe, de forma informal. Isto o incomodava e muito. Além disso causava certos enjoos. Mas o cavaleiro tinha treinamento suficiente para "suportar" o efeito.
    O encapuzado perguntava qual era relação deles com Freya, sua mãe. Tudo que saia da boca daquele homem eram palavras jogados com puro sarcasmo.
    Yui respondia primeiro.
    Erick decidiu mentir para o mesmo. Não podia deixar aquele ser desconhecido saber sobre seu paradeiro.
    Poderia ser um problema agora ou futuramente. Assim Erick respondia seriamente sem pestanejar:

    - Neto dela...
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por O Mestre em Qui Mar 09, 2017 12:16 am

    Depois das respostas de Yui e Erick um silencio pairava pela casa, o estranho encapuzado ficava alguns minutos sem falar absolutamente nada. E enquanto ele fazia isso, a dupla podia sentir que o olhar penetrante dele ficava ainda mais intenso, parecia que ele queria avaliar se as respostas dadas eram realmente verdadeiras. Após alguns minutos silenciosos que mais pareciam uma hora, o ser misterioso voltou a falar com sua voz grave e rouca, deixando aquele comodo novamente frio:

    -Então vocês eram bem próximos da Senhorita Freya, parece que encontrei as pessoas certas. Vejam, depois da infeliz morte dela, não havia quem contatar pois a casa ficou vazia por algum tempo. Agora que finalmente encontrei pessoas diretamente relacionadas a Freya, posso conseguir o que é meu por direito. Ela não deixou por um acaso, um certo... livro, com vocês?

    Quando o ser falava sobre a morte de Freya, Erick e Yui podiam jurar terem visto um sorriso surgindo de dentro do capuz, e a voz do ser parecia ter ficado um pouco feliz neste momento. Porém ao mencionar o livro o clima ficava ainda mais pesado do que antes, a aura ameaçadora que vinha dele tinha aumentado e a dupla sofria uma grande pressão para dar a ele a informação que precisava.

    Yui imaginava que o livro que ele procurava era o que estava com ela, então como ela reagiria? Iria esconder essa informação e tentar avisar a Erick que ela estava com o item procurado? Ou deveria contar logo a ele? Erick por outro lado não sabia que a garota possuía o item procurado pelo ser misterioso, mas teria ele ouvido sobre este livro de sua mãe? Teria Yui alguma informação importante sobre isso? Os dois teriam que ter muito cuidado com suas próximas ações ou podiam se colocar em perigo.
    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Qui Mar 09, 2017 9:16 am

    O silêncio vindo do ser encapuzador chegava a ser sufocante. Por algum motivo Erick havia mentido sobre seu parentesco com Freya, mas não tinha como saber o quão perigoso isso foi. E não era de se espantar que o tivesse feito afinal o filho de Freya sumira por oitenta anos, seria mais perigoso se o ser soubesse quem ele realmente era.

    A criatura então começava a falar novamente o que chegava a dar um frio na espinha. Ao perceber o que parecia ser felicidade vindo de suas palavras ao falar sobre a morte de Freya a jovem Yui já não tinha mais dúvidas de que aquela noite estava próxima de se repetir. Ele então falou sobre "O Livro", a ruiva podia sentir um aperto bem forte no peito. De forma alguma aquela criatura poderia saber que o livro estava com Yui, mas como avisar a Erick?

    Yui ainda se sentia induzida por uma forte pressão a contar ao ser onde estava o livro mas não podia ceder. Ela soltava a mão de Erick e com o dedo começava a desenhar letras nas costas da mão do rapaz.

    O-L-I-V-R-O-E-S-T-A-C-O-M-I-G-O-E-S-T-A-M-O-S-E-M-P-E-R-I-G-O

    A jovem então finalmente responde ao encapuzado tentando esboçar um sorriso e disfarçar o nervosismo. Não queria entregar o jogo. Freya se sacrificou pra proteger "O Livro" e Yui faria a mesma coisa.

    - Todos os livros de Freya estão na biblioteca. Se seu livro estava com ela vai estar lá.

    Yui tentava parecer o mais convincente possível e agora sua mente era dominada por uma ânsia de fugir, mas antes tinha de pegar sua bolsa que estava na cozinha.
    avatar
    Erick

    Mensagens : 25
    Data de inscrição : 17/02/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Erick em Qui Mar 09, 2017 7:05 pm

    Ao que parece o encapuzado havia caído na mentira de Erick. Contudo o mesmo ficou um pouco pensativo sobre as respostas que havia recebido. Após a pausa, o encapuzado voltava a falar, desta vez mais seriamente. Deixou até de lado o sarcasmo. O homem perguntava sobre um livro. Erick desconhecia dos livros. Provavelmente sua mãe teria adquirido o tal livro depois de seu desaparecimento.
    O cavaleiro iria esperar a resposta de Yui para então dar à sua resposta. Contudo a garota soltava de sua mão e começava escrever em suas costas. Yui estava com o tal livro. Isso era mal. Ou não.

    Yui respondia ao encapuzado indicando que os livros estavam na biblioteca. Em seguida o cavaleiro respondia:

    - Ao que parece o livro que procura é de extrema importância e bem valioso. Minha avó era muito cautelosa e zelosa com objetos importantes. Não guardaria um livro de extrema importância numa casa abandonada, como você mesmo disse. Afinal, qualquer ladrão poderia entrar, roubar o que quiser desta casa e levar.
    - Você pode até procurar na biblioteca. Não vamos atrapalhar, já que você mesmo disse que é de seu direito. Mas se é importante não vai encontrar aqui. Minha avó tinha colegas magos bem poderosos. Será que ela não deu à guarda a algum deles? Ou será que ela não deu à alguém conhecido dos dois?


    O cavaleiro tentava assumir o comando da conversa. Ao mesmo tempo que queria deixar Yui segura, queria tirar o encapuzado dali de uma vez por todas.
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por O Mestre em Qui Mar 09, 2017 9:15 pm

    Novamente o ser misterioso ficava em silencio, um silencio que parecia ainda pior, mais pesado e cortante que o primeiro, a ansiedade ficava cada vez maior para a dupla. Então o encapuzado começou a rir, uma risada profunda e agoniante, que fazia todos os pelos do corpo se levantarem, uma risada da qual eles nunca se esqueceriam. Logo após terminar a mesma o ser parecia irritado, aparentemente ele tinha captado algo e não estava satisfeito com o que ouvia, suas próximas palavras tinham um tom agressivo e soavam quase como uma ordem:

    -Vocês não sabem? Talvez esteja na livraria? Ou com algum outro mago? Vocês devem mesmo achar que sou ingenuo. Não meus caros, o livro esta com um de vocês, eu só não sei se ele esta com a aprendiz de Freya ou com... seu filho. Espantado? Eu sei quem você é Erick, e se mentir para mim novamente terá que ser punido.

    Ao dizer isto o ser misterioso se levantava de forma agressiva, derrubando a cadeira que estava atrás dele e, finalmente demonstrando que não estava para brincadeiras. Ele esticou sua mão e fez um movimento da esquerda para a direita, que fez com que a mesa bem no centro fosse jogada para longe no mesmo movimento que a mão dele. O homem encapuzado então começou a andar na direção deles bem devagar, exalando uma aura bem ameaçadora e apontando a mão para a dupla:

    -O livro. Agora.

    O que Yui e Erick fariam? Conversar parecia não ser mais uma opção porém, deveriam mesmo enfrentar aquele ser? Ele parecia ser poderoso e os dois ainda não tinham ideia de tudo que ele poderia fazer, deveriam então fugir? Ou teriam eles uma outra ideia?
    avatar
    Yui Montaigne

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 02/03/2017

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Yui Montaigne em Sex Mar 10, 2017 8:51 am

    Daqui a pouco seria muito difícil permanecer na frente daquele ser. Yui sentia o ar ficar cada vez mais pesado, seu corpo era dominado por uma ansiedade que nunca sentira. Sabia que seja quem fosse que estivesse na sua frente não era alguém pra se brincar e agora ele estava bem furioso com as respostas que tivera. Agarota via o ser levantar de forma irada e agressiva derrubando a cadeira e quando o mesmo jogou a mesa longe sem nem mesmo tocá-la Yui voltou a segurar bem forte a mão de Erick. O jovem podia sentir que algo estava diferente em Yui, era como se ela estivesse amedrontada, como se já tivesse vivido algo parecido com o que o ser ameaçava fazer.

    "Querida Freya espero que seja tempo suficiente."

    O coração de Yui estava disparado e a adrenalina corria pelo corpo dela. A sensação era inevitável, lutar ou fugir. A ruiva observava a aproximação da criatura e a exigência, Yui olhava pra cima como se tentasse ver o rosto do ser mas na verdade ela olhava o teto logo acima do lustre.



    - Lauburu!

    A jovem gritava ativando a Runa Céltica de proteção a estranhos e a diabos, a runa da luta entre a luz e as trevas. Assim o ser era cercado por uma prisão de luz dourada que parecia bem grossa e resistente. Yui puxava Erick em direção a cozinha e saia correndo. Ao passar pela porta da cozinha novamente a aprendiz balbuciava algumas palavras.

    - Ostium Clausum!

    A porta da cozinha se trancava e novamente era revestida por uma luz dourada que deveria manter a porta fechada por um bom tempo, ou pelo menos o suficiente para eles fugirem. Yui sabia que a prisão não seguraria o encapuzado por muito tempo. Ela pegava sua bolsa onde estava o livro e corria para a dispensa.

    - Salutem!

    Mais uma vez palavras mágicas saiam da boca de Yui dessa vez era como se fosse um portal que se abria na parede da dispensa como se fosse a salvação deles. Sem pensar duas vezes a jovem empurrava Erick para dentro do portal e assim que a garota passava o portal se fechava. Se tudo tivesse dado certo eles estariam a alguns metros do cemitério onde tudo começou, graças as magias deixadas por Freya pela casa.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Geld - A capital de Hendel

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Out 23, 2017 10:32 pm