Ultimate New World RPG

Para todos aqueles que procuram um RPG repleto de batalhas, história, diversão e oportunidades para desenvolver seu personagem, este fórum é sua melhor opção.


    Ilha dos Mortos - Voyna

    Compartilhe
    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Ilha dos Mortos - Voyna

    Mensagem por O Mestre em Ter Mar 28, 2017 10:38 pm

    O Excêntrico ouvia a historia de Últimos com total atenção, curiosidade e interesse, as expressões dele mudava a cada fato que o rapaz ia contando. As vezes ele demonstrava preocupação com a situação do espadachim, as vezes ele demonstrava pura curiosidade sobre a torre, ou a fada, parecendo uma criança querendo saber mais sobre aquela interessante aventura. Assim que o rapaz terminava de contar tudo ele ficava um tempo pensativo, tentando captar todos os detalhes com precisão para dar uma resposta a Últimos:

    O Excêntrico - Vila cinzenta... eu já ouvi falar dela, você veio parar longe hein? O que não entendo garoto, é que, se esta tão preocupado em como seus pais estão, porque não vai para lá? Não é uma viagem curta obviamente, mas mesmo sendo em outro continente se pegar uma embarcação grande você conseguira chegar são e salvo. Acho que não esta sendo tão sincero consigo mesmo, não duvido de sua preocupação mas, será que não esta tão interessado na aventura quanto eu sempre estou? Pense bem, você vivia uma vida pacata, até mesmo entendiante desculpe dizer, e em um momento sua vida vira toda do avesso.

    O Excêntrico - Você vai parar em um local distante e desconhecido por você, recebe um equipamento que parece ser mega importante, e aparentemente é escolhido por ele. Isso não faz você sentir que tem algo mais na vida reservado para você do que cuidar de ovelhas? Que talvez você tenha sido escolhido para fazer algo muito importante que marcara seu nome pela historia? Eu acho que esses pensamentos existem na sua cabeça mas você finge não escuta-los, e isso não é bom, você tem que aceitar quem você é e o que você pensa. Eu não te julgaria por querer sair em aventuras, eu tinha uma vida chata e insignificante antes de decidir virar um pirata. Eu era rico, quer dizer ainda sou porque ainda consigo "roubar" meu dinheiro para investir na minha pirataria.

    O Excêntrico - Mas o que quero dizer é que eu era o herdeiro de uma companhia enorme, estudava todo santo dia para herdar os negócios dos meus pais, sem poder me divertir, sem poder fazer nada. Era um inferno, eu tinha tudo que o dinheiro podia comprar, mas ao mesmo tempo não tinha nada. Então um dia eu resolvi fugir e acabei encontrando a Eliza. Ela era pirata desde o começo e quase me matou, não foi um primeiro encontro divertido. Porém ela viu algo em mim, um potencial que eu nem mesmo acreditava que existia, mas eu dei uma chance para o que ela dizia e hoje sou capitão. Eu segui meu coração e aqui estou, então pense bem Últimos, veja o que seu coração realmente quer, e siga ele. Agora deixando os conselhos de vida de lado, eu infelizmente nunca ouvi falar sobre nenhuma luva como a sua, porém a capital é uma boa ideia para investigar, se ela é tão poderosa quanto parece é certeza que o governo de Voyna iria querer utiliza-la para aumentar ainda mais o poder militar deles, vale a pena ir lá investigar.

    A conversa foi bem mais longa e duradoura do que o garoto pudesse imaginar, quanto mais ele conversava com o capitão mais ele percebia que apesar de Excêntrico, existia uma boa pessoa que se importava com os outros nele. Agora era o momento de Ultimos refletir nas palavras do capitão, ver o que ele concordava e o que discordava, mas principalmente, definir o que seu coração queria fazer. Após isso o rapaz também tinha que decidir, iria conversar mais com o Excêntrico? Ou iria pedir para seguir caminho para a capital? Talvez até mudaria de rumo para algum outro local?
    avatar
    Ultimos

    Mensagens : 60
    Data de inscrição : 17/02/2017
    Idade : 21
    Localização : Rio de Janeiro

    Re: Ilha dos Mortos - Voyna

    Mensagem por Ultimos em Ter Mar 28, 2017 11:48 pm



    Eu ouvi atentamente o que o capitão tinha a me dizer. Confesso que em muitas partes me surpreendi, como quando ele mencionou Eliza não matando ele. Tá, e a parte dele ser rico não era muito escondida, mas aceitável como fator surpreendente.

    Pensei mais um pouco antes de levantar decidido.

    — Capitão, eu agradeço que tenha me contado sua história. E agradeço o conselho. Eu realmente não tinha parado para pensar nisso. O mundo se tornou grande quando eu saí dá minha fazenda, e não quero perder isso. Mas ainda preciso investigar, ao menos mandar notícias para meus irmãos. Você falou que conhecia a vila, pode nos levar para lá ? Te pago com toda minha bolsa de moedas a aventura até lá e... posso deixar a investigação sobre a luva para depois.

    Me torno relutante, refletindo sobre mais alguma coisa que poderia incentivar o pirata.

    — Isso despistaria ainda mais a guarda marinha. Não acha ?

    Eu estava animado com a ideia se que o capitão concordasse. Quem sabe talvez demorasse um pouco, e talvez ele quisesse fazer alguma parada, mas se pudesse me levar até meu destino, seria excelente.

    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Ilha dos Mortos - Voyna

    Mensagem por O Mestre em Qui Mar 30, 2017 9:47 am

    O Excêntrico - Primeiro, não precisa me oferecer nenhuma compensação Últimos, para mim você é parte da nossa tripulação então não precisa me pagar pela viagem. Segundo, eu não me importaria de velejar para tão longe, o resto do pessoal também não vai se importar, nunca vi uma tripulação tão fiel quanto esta. Porém existem alguns problemas na sua ideia, como por exemplo o fato de sermos apenas um pequeno navio, não estamos preparados para esse tipo de viagem. É possível melhorar o Palácio Marinho para que ele aguente a viagem mas, isso iria nos custar tempo, teríamos que ir para uma cidade de Voyna meio longe que cuida da marinha do país, e depois teríamos que esperar até que o navio ficasse pronto. Depois disso iriamos finalmente zarpar, para uma viagem muito, mas muito longa, que consumiria dias. Além disso teríamos que fazer varias paradas no meio do caminho para irmos mantendo nossos suprimentos em um bom nível. E claro algumas paradas para aventuras. No fim a viagem pode acabar durando meses, pois estamos falando de ir para outro continente, além de que tem o fator que eu não conheço os mares de Rauha ou o mar entre os dois continentes. Poderíamos nos meter em perigos constantemente. Consegue entender o quão complexo seria fazer essa viagem? Se mesmo depois de tudo isso, você ainda quiser ir, nós te levaremos.

    O capitão parecia estar totalmente determinado, mesmo explicando todos os problemas e perigos envolvidos naquela viagem, os olhos dele demonstravam a determinação para levar Últimos até seu destino se o mesmo ainda o quisesse. Qual seria a decisão do rapaz? Todos aqueles perigos, problemas e demora, seriam suficiente para faze-lo mudar de ideia? Ou estaria o espadachim tão focado que ainda manteria sua ideia de ir para a Vila Cinzenta?
    avatar
    Ultimos

    Mensagens : 60
    Data de inscrição : 17/02/2017
    Idade : 21
    Localização : Rio de Janeiro

    Re: Ilha dos Mortos - Voyna

    Mensagem por Ultimos em Qui Mar 30, 2017 10:36 am



    — Capitão, eu não sou bom em mudar de ideia. — Digo, agora esperançoso com relação ao fato de ter a ajuda dele. Esperei três anos me preparando fisicamente e aprendendo a lutar a partir do zero para poder voltar para casa, não me importo de demorar mais alguns meses. Ainda assim não quero que você se sinta pressionado, sei muito bem que todos aqui tem objetivos, eu não quero ficar lá, ou atrapalhar vocês. Meu objetivo é simples, quero abraçar minha mãe e dizer para meus pais que estou bem. E espero que eles ainda estejam.

    Eu não podia considerar que talvez estivesse sendo egoísta. Eu não queria pressionar ninguém. Parei para pensar um pouco antes de continuar a conversa com o capitão.

    — Você me disse que a luva me escolheu, disse que provavelmente há algo reservado para mim. O que você acha que me levou até vocês então meu amigo ? Há algo reservado para nós, e nosso caminho nos levará ao encontro de nosso destino. Confie em mim, acho que é bom ver o que os outros vão pensar disso primeiro, entendo se tiverem outras missões pessoais para seguir, me deixem no próximo porto então, eu vou entender.

    avatar
    O Mestre
    Admin

    Mensagens : 123
    Data de inscrição : 15/02/2015

    Re: Ilha dos Mortos - Voyna

    Mensagem por O Mestre em Qui Mar 30, 2017 8:59 pm

    O Excêntrico - Se está tão determinado assim, eu aceito sua proposta! Agora até eu estou ficando empolgado com a ideia! Você pode ficar no manche um pouco para mim? Vou avisar todo mundo quais são nossos destinos e já volto.

    O capitão saiu correndo para dentro do navio e deixou Últimos ali fora segurando o manche, sem saber o que estava fazendo, pois era a primeira vez que ele "manuseava" um navio. Porém um sentimento engraçado surgiu dentro do rapaz enquanto estava ali, uma certa paz, uma certa calma estranha, enquanto ele ficava olhando para o vasto mar e simplesmente mantendo o navio em uma linha reta. Últimos aproveitou bem da experiencia antes do capitão chegar, quando o mesmo apareceu e assumiu seu lugar original, ele sorriu com ainda mais empolgação para o espadachim:

    O Excêntrico - Todos concordaram com nossa viagem e estão empolgados também, ninguém aqui foi para outro continente então, essa será nossa maior aventura! Falando nisso, você deveria ir dormir um pouco garoto, deve estar cansado depois de tudo que aconteceu nessa ilha, então recupere suas forças enquanto traço nossa rota! Já para te deixar informado, iremos primeiro para três ilhas do território de Voyna, elas são Korabl, Voyennyy e Okhotnik. Nosso objetivo está em Korabl, a ilha mais a oeste, onde fica uma grande base de concerto e aprimoramentos de navios do exercito. É arriscado? Muito, mas é nossa melhor escolha, tenho um amigo lá que pode melhorar esse navio mais rápido do que qualquer um, então temos de ir para lá se quisermos viajar tão longe. De qualquer forma vamos planejar isso amanhã, por enquanto vá descansar, você merece dormir bastante Últimos.

    Dito isso o capitão fez um movimento de "vai logo vai" com a mão e o rapaz se dirigiu para o interior do navio. Ele podia ouvir as vozes dos tripulantes conversando avidamente no que parecia ser uma "sala de recreação", talvez ele deveria se juntar a eles? Ou o rapaz preferia seguir direto para sua cama e dormir até seu corpo conseguir descansar de tudo que aconteceu?

    (Últimos, irei criar o tópico de Korabl, por favor aguarde e quando o mesmo estiver pronto poste por lá, decidindo se quer interagir um pouco com os NPCs ou se quer seguir direto para sua próxima "missão")

    Conteúdo patrocinado

    Re: Ilha dos Mortos - Voyna

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Out 23, 2017 10:32 pm